18 de julho de 2018

Em busca de respeito

Por Marcos Lodi:

As pessoas que sofrem com a obesidade mórbida, muitas vezes, convivem com terríveis distúrbios psicológicos e perturbações. É preciso que haja tratamento adequado e específico. Temos diversos casos consolidados nas tristes estatísticas de pessoas obesas que morreram em função da depressão. 

A luta do obeso é diária e, na maioria dos casos, somente ele sabe o que se passa, como é sentida a sua dor e como enxerga ou não outras perspectivas. 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e texto

Uma pessoa obesa e depressiva geralmente se alimenta de forma totalmente fora dos padrões, "descontando" suas frustrações na ingestão de bebida e comida, além de não perceber o quanto isso está fazendo mal. 

A luta do Grupo de Apoio ao Portador de Obesidade Mórbida (G.A.P.O.M) é fundamentada no resgate da qualidade de vida destas pessoas. Junte-se a nós!


#GAPOM #ObesoMereceRespeito#QuandoePrecisoReagir

16 de julho de 2018

Investimento

Por Marcos Lodi:

Pare de investir o seu precioso tempo em coisas que não trarão resultados desejáveis. Até quando continuará insistindo em pessoas e ideais que levarão sua saúde para longe?

A vida é extremamente curta para ser encurtada pela sua teimosia. Ao invés de investir erradamente, busque quem deseja te ouvir.

Resultado de imagem para investir

Não estou aqui dizendo que devemos desistir das pessoas ou esquecê-las. Na verdade, a melhor forma de perceber se uma pessoa quer ajuda, ou se algo tem solução, é justamente analisar o fato com frieza e senso de investimento.

Falo repetidas vezes esta palavra porque investir é tudo. Aplicando seu tempo e sua energia na felicidade e bem estar, não haverá forma de colher coisas ruins. Com ética, verdade e respeito ao próximo, poderá enfim, respeitar a si mesmo e começar um tempo de grandes investimentos em prol de sua vida.

Tente!

14 de julho de 2018

Não é fácil... Ou seria?

Por Marcos Lodi:


Não é fácil ser abençoado porque é difícil ser 100% verdadeiro com os seus ideais. Quando as escrituras sagradas apontam que “poucos serão os escolhidos”, a expressão faz todo o sentido. Como é duro levar a vida em verdade com os próprios pensamentos sem a ansiedade e angústia com a possibilidade de magoar alguém, fugir dos padrões “normais” da sociedade, exercer o direito de expor o que pensa, discorrer suas opiniões sem pressões alheias. Não é fácil ser abençoado quando o relacionamento com o próprio Deus não possui intimidade.

A vida vai te exigir isso a todo tempo e a medida que você fugir dos embates, mais ficará distante de uma vida pura, sincera e feliz. Onde nos falta coragem, prevalecerá o medo. Onde o medo prevalece existe a tristeza e onde a tristeza reside a morte deixa de ser algo inevitável para se tornar um perigo iminente. O sepultamento dos propósitos pela falta de atitudes e posicionamentos pode ser um dos piores castigos em vida para qualquer ser humano.

É isso o que deseja?

Resultado de imagem para facil

Passamos a vida nos importando com tudo e não sobra tempo para separar o urgente do banal. Com isso, as banalidades sobram porque , na verdade, elas predominam no dia a dia. São os 30 centavos do pão que ficam faltando, o dinheiro que o patrão não pagou em dia, é a conta que vence, os números da loteria que não batem com o talão, é a dúvida cruel em fazer churrasco ou caldo no aniversário... Que merda, hein?

Parabéns. Este pode ser o trágico padrão de vida que você segue. Mas é digno do respeito de qualquer um, incluindo o meu. Digo isso porque por diversas vezes agi desta forma. Quantas noites mal dormidas pelos compromissos financeiros que batiam a porta, a preocupação por não ter o dinheiro do pão da manhã, a falta de dinheiro para a passagem de ônibus, a tristeza por não conseguir fazer o almoço dos sonhos no dia seguinte... Mas no fim, a primeira “melhora” virava churrasco e com som de celular ao fundo ouvindo qualquer música, tudo virava festa.

Jesus cura, liberta e transforma pela misericórdia. Porém, em alguns momentos a dor vem de forma inevitável. Ela é a prova concreta da desordem.

A salvação é importante e mesmo que seja no último suspiro, o céu se fortalece em festa. Mas uma vida desgraçada, longe da verdade com os próprios objetivos, fracassada pelo seu próprio eu, não pode ser um projeto da vontade de Deus. Ele não quer o mal de seus filhos. A culpa é sua, sua mesmo!

Como desejar felicidade se fugiste dela durante todos estes anos? Como contemplar mais um amanhecer sabendo que o sentimento reinante em seu coração é de “vai começar a mesma merda”?


A aflição é algo corriqueiro, mas o sofrimento é opcional. Não adianta ficar vendendo felicidade no facebook e viver dando importância para coisas que não merecem importância. Aceitar o adverso é compreender que existe algo a ser batido. E vencer obstáculos requer força de vontade, coragem, garra, disposição e muita energia. Tudo isso fará de você alguém de fé.