31 de dezembro de 2014

Mensagem para 2015


Por Marcos Lodi:

O ano de 2014 está chegando ao fim. Que em 2015 grandes coisas possam acontecer na sua vida e de todos os familiares.

Mas não esqueça: Não adianta mudar o ano, e não mudar as atitudes.

Tenha certeza de que 2015 só pode ser um ano diferente se as atitudes forem distintas em relação a 2014 para quem teoricamente não teve um 2014 satisfatório.

Sinta-se feliz porque ao findar o ano você está aqui. Se continuas vivo, lembre-se: Deus está contigo e nada terminou.

Um abraço especial também aos amigos da Costa Rica, México, Estados Unidos e Guatemala, que prestigiam nossos textos e deixam suas mensagens via twitter.

Uma ótima passagem de ano a todos e 2015 estaremos juntos com este blog que vem auxiliando na transformação de vidas em todo o mundo.

Feliz 2015


.......................................................................

By Marcos Lodi:

The year 2014 is coming to an end. That in 2015 great things can happen in your life and all the family.

But do not forget: It's no use to change the year, and not change attitudes.

Be sure that 2015 may be a different year if attitudes are different in relation to 2014 for those who theoretically did not have a satisfactory 2014.

Feel happy because the close of the year you are here. If you still alive, remember: God is with you and nothing is over.

A special hug also to friends of Costa Rica, Mexico, United States and Guatemala, who honor our texts and leave their messages via twitter.

A great New Year's Eve to all and 2015 will be together with this blog that has helped in transforming lives around the world.

Happy 2015

...................................................................................................................

Por Marcos Lodi:

El año 2014 está llegando a su fin. Que en 2015 grandes cosas pueden suceder en su vida y toda la familia.

Pero no hay que olvidar: No sirve de nada para cambiar el año, y no cambiar las actitudes.

Asegúrese Que 2015 sea un año diferente si las actitudes son diferentes en relación a 2014 para los que teóricamente no tiene una satisfactoria 2014.

Siéntase feliz porque el cierre del año que está aquí. Si usted todavía está vivo, recuerde: Dios está contigo y no hay nada más.

Un abrazo especial también a los amigos de Costa Rica, México, Estados Unidos y Guatemala, que honran a nuestros textos y dejar sus mensajes a través de Twitter.

Una gran noche de Año Nuevo a todos y será en el año 2015 junto con este blog Que ha ayudado en la transformación de vidas en todo el mundo.

Feliz 2015!
............................................................................................................................
Por Marcos Lodi:

L'any 2014 és una aleta arribant seva. Què grans Coses a 2015 poden tenir èxit en la seva vida i Tota La Família.

Però no us oblideu Que ha En res Serveix per canviar l'Any, i no canviar-Actituds.

El Assegureu 2015 ONU mar Any diferent que ells Actituds fill en una relació diferent a 2014 per als que teòricament en TÉ UNA satisfactòria 2014.

Siéntase el Tancament de l'Any content que són aquí. Si VOSTÈ encara és viu, recordi: Déu és amb tu i no hi ha res mes fenc.

Una abraçada Also especial als amics de Costa Rica, Mèxic, Estats Units i Guatemala, que honoren els nostres textos i ELS SEUS MISSATGES Deixar la inclinació de Twitter.

Una gran nit de Cap d'Any a tots i en L'any 2015 va estafar amb aquest bloc El que ha ajudat a la transformació viu en Tot El Món

Feliç 2015!




29 de dezembro de 2014

Deus é primordial!

Por Marcos Lodi:

Um dia você já se sentiu ajudado por Deus? Quantas vezes teve a sensação de ter "sido abençoado"?

Por isso, devemos sempre imaginar que o criador jamais se esqueceu de sua criação. O problema é que, na maioria das vezes, o problema está contido em nossas ações.

Se desejas um carro, por exemplo, por que não se preocupa, primeiramente em tirar a carteira de habilitação? Se desejas viajar para fora do país, por que não tirar o passaporte? Muitos de nós achamos tais tarefas como irrelevantes, porém, elas são primordiais. 

Não será primordial se voltar para Deus? O que estar lhe faltando neste momento é fazer o primordial, a primícia, o necessário. Se entregar para Deus verdadeiramente, seguindo suas instruções é a certeza de que, assim como em tempos de outrora, o poder dele se manifestará de forma grandiosa e decisiva. Basta que se dê o primeiro passo para esta grande conquista.

O maior valor do ser humano está na capacidade e entender as diferenças. Isto consiste na sabedoria necessária para grandiosos triunfos.

24 de dezembro de 2014

Ares de natal

Por Marcos Lodi: 

Hoje quero convida-lo a refletir comigo sobre a seguinte pergunta: Já percebeu como em véspera de Natal e Ano novo o movimento nos hospitais cai consideravelmente? Segundo pesquisadores americanos, o movimento nos hospitais cai em mais de 75%. 

Existem pessoas que chegam a determinada repartição de saúde, todos os dias, a procura da dor. 

É verdade, acredite! Claro que existem casos reais e urgentes. Porém há um número expressivo de indivíduos “seguidores da enfermidade” em busca de algo simples e necessário. Estou falando de CARINHO. Quem procura atendimento também não consegue auto diagnosticar essa carência. É preciso consultar e perceber que não tem nada de grave ou ruim acontecendo para retornar ao lar consciente e ao mesmo tempo feliz por estar “curado”. O médico foi o porta-voz das boas novas, o ser “carinhoso” pelas notícias transmitidas. Essa cura é passageira e logo a dor emocional volta com força total. 

Ai o melhor caminho, segundo essas pessoas, é procurar o hospital. E começa tudo novamente. Chegam nas emergências exigindo atendimento e logo se dão conta de que está “tudo bem”. Quando fiquei internado nos tempos de obesidade mórbida conversei com muitas pessoas que estavam ali na mesma situação que eu. Aguardavam atendimento e ficavam pelos corredores do hospital dialogando e trocando experiências. Posso dizem que 80% dos casos relatados a mim eram de profunda falta de carinho com a pessoa em questão. Problemas sentimentais, familiares e profissionais revestidos no escudo da doença. Isso mesmo! A doença se torna um refúgio que promove a piedade. Enquanto estou mal de saúde o mundo tem pena de mim. Ficando bem, os problemas retornam. 

Constatou este pensamento absurdo? O mais triste é saber da existência de milhares de homens e mulheres que sofrem dessa forma. Escondem-se na convalescença e não sabem o quão grande ficarão piores. Os dilemas desta vida estão presentes e aguardando desfecho. Pode adoecer hoje, amanhã e depois. Todavia o que precisa ser resolvido será de qualquer forma e os seus medos e adversidades aguardam a tua presença. Viva como se todos os dias fossem um verdadeiro Natal. A época natalina representa o nascimento. 

Portanto não tenha vergonha em nascer de novo todos os dias. As oportunidades surgem também dessa formacomo criar uma loja virtual. Neste momento, somente Jesus Crito pode nos possibilitar este novo e decisivo nascimento. Pense nisso!

Um feliz natal a todos!

20 de dezembro de 2014

Remova-se

Por Marcos Lodi:

A sua fé só pode ser manifestada se tomar atitudes que realmente sejam do tamanho de seus projetos. Caso contrário, terá um conjunto de boas idéias, estacionadas na vontade de tomar decisões.

Quando passamos pela adversidade, estamos propícios a enfrentar as dificuldades com mais revolta e indignação. Neste momento, muitos de nós conseguimos realizar a devida ação, que acarretará, na perfeita vitória.

Manifestar a fé não consiste em falar. Quando dizemos que ela remove montanhas, não estamos nos referindo ao relevo. Na verdade, existem grandes montanhas pessoais que precisamos remover para, de fato, vivenciarmos a glória de Deus e o triunfo cotidiano.

O lema desta vida não consiste em ver para crer. A questão é "crer para ver". Primeiro é preciso que você enxergue seus projetos consolidados para, enfim, concretizar todos os sonhos através das atitudes.

Vale a pena ser feliz. Quantos de nós morreremos sem saborear as conquistas pelas quais nascemos e temos o direito de desfrutar. Se você não estender as mãos, como uma concha, em frente a fonte, não há como beber água. 

18 de dezembro de 2014

Sem medir esforços!

Por Marcos Lodi :

Hoje quero falar com você que se encontra neste momento com tédio do mundo em que vive, triste e sem perspectivas de sair da dificuldade. Não sei qual é o seu problema, mas aqui segue o mapa para encontrar a solução. 

Vivemos num universo diversificado. A tempestade aparente para mim, pode ser a neblina para você. Maremoto para uns, gotas de chuva para outros. Cada pessoa vive seu problema e o grau de significação também varia. Depende da forma que se vê. Tenho convicção da existência de problemas na minha vida e na de qualquer um de vocês. 

Porém, sempre insisto em dizer nas minhas adversidades, que minha vitória será maior ao supera-la. Todavia, para alcançar a superação existe uma regra importante: A assimilação do ensinamento. As barreiras são “invisíveis” para quem deseja aprender com as lições da vida. O processo da privação gera conhecimento e este se faz necessário para almejar vitórias. 

Não existe herói que não tenha passado pelas contrariedades. Levando para o aspecto teológico, o grande exemplo e salvador deste mundo morreu para ser glorificado. Seu nome é Jesus. Portanto, sofrer pode ser bem menos difícil se você analisar tudo com o olhar ampliado. Saiba avaliar o problema e perceberá que este poderia ser muito mais grave. 

Esta não é a pior fase da sua vida, pois ela nunca existiu. Fases são mitos absorvidos pela humanidade mais confortada de todos os tempos. Tudo aquilo que é mais cômodo sempre gera maior procura. Para que se esforçar? Por isso, aí vem o grande conselho: O esforço vence a impossibilidade. Somente através dele desenvolve-se a obstinação e seguidamente o aprendizado, maior patrimônio de todos. 

Você não precisará morrer para ter a sua glória, em contrapartida, não tenha vergonha de se matar para vencer essa batalha cotidiana, sabendo que ela nunca será páreo para o seu desejo de viver uma vida melhor.seja top afiliado

16 de dezembro de 2014

"Inesperando"

Por Marcos Lodi:

Muitas vezes passamos por situações terríveis e quase sempre desesperadoras. Tudo o que é programado não acontece da forma que desejamos. Um dos grandes segredos da vida consiste em aprender a lidar com o imprevisto. O inesperado vem para nos testar. 

Nossa capacidade de reagir e nos adaptar a uma nova realidade é colocada à prova. Este 
importante desafio nos move e dita os rumos de nosso cotidiano. 

Aprenda a aguardar e saiba compreender o inesperado. Já pensou se o óbvio tomasse conta de nossas vidas de forma que tudo fosse extremamente previsível e planejado? Não tenha medo do imprevisto. 

Saiba que ele poderá se tornar um companheiro infálivel para o seu amadurecimento. Espere e verágvt salvador

9 de dezembro de 2014

O grande defeito

Por Marcos Lodi: 

No bate papo cotidiano, na mídia e demais fontes de informação é comum conceituarmos a pessoa que possui alguma impossibilidade física ou mental com deficiente. Não quero de forma nenhuma mudar o conceito da palavra, porém, gostaria de convida-lo a refletir profundamente sobre o tema em questão. Acredito fielmente que a pessoa sofredora destes problemas não deve ser vista como deficiente. É um termo forte e sem comprovação absoluta. 

Existem indivíduos que não se locomovem ou não falam, não escutam e outros com incapacidade mental. Encaro todos estes casos como impossibilidade e não deficiência. Pense comigo: Algo com defeito transmite a idéia de não funcionar direito. E aqueles que mesmo numa cadeira rodas, por exemplo, conseguem trabalhar, dirigir, ter uma vida de padrões normais? É justo relacionar um problema médico como defeito? Trata-se de uma bela vitória por sinal.

A verdadeira deficiência é aquela que vemos todos os dias em muitas pessoas “aparentemente normais”. Reside no preconceito, na forma de tratar os outros, no orgulho, falta de respeito e, principalmente, na incapacidade de encarar e resolver qualquer situação. São tantos “defeitos” que fico envergonhado ao ver uma pessoa com algumas limitações ser denominada deficiente enquanto alguns dos considerados “em perfeito estado” murmuram por toda parte. Como em qualquer caso de defeito existe o conserto. 

Entretanto em inúmeros casos ocorre a chamada perda total. São milhares de frustrados, tolos e com isso perdedores, que são formados todos os dias. Gente que desiste fácil e precisa conhecer de perto um ser humano com estas assim chamadas “deficiências” para visualizar a vitória diária de quem não desiste de si mesmo e luta incessantemente contra o olhar pobre e infeliz de muitos segmentos da sociedade. 

Parabéns aos guerreiros que mesmo numa cadeira de rodas ou em qualquer adversidade são gigantes em relação a muitos de nós que não passamos por estes percalços e muitas vezes reclamamos tanto. Fica a reflexão.ip

6 de dezembro de 2014

A compreensão é importante

Por Marcos Lodi:

 A vitória é algo extremamente prazeroso e ao mesmo tempo enigmático. Não se tem dimensão correta do que pode ser considerado triunfo.

 Estas várias vertentes necessitam de habilidade e são importantes para nossas conquistas. Quando ninguém consegue enxergar benefício na “aparente” adversidade, faça diferente. 

Procure analisar e detectar um ponto positivo na situação e logo sentirá o aroma da vitória se aproximando como sintoma de obstáculo quebrado, barreira vencida, tristeza que jamais o derrubará. Deste modo, tudo que se apresentar como contrário em sua vida ganhará formatos diferenciados devido a grande capacidade adquirida por você no que diz respeito a interpretar o adverso como bênção futura. 

Será restaurado triunfante, idealizador e vencedor por atitude. Não terás medo do que lhe sobrevir, pois mesmo que o mundo se acabe, o sentimento de recomeço brotará ainda mais firme no seu coração. 

E assim, fica inviável para as contradições cotidianas aparecerem no seu caminho. Sua força de reação é muito maior do que qualquer oponentecomo criar um site

3 de dezembro de 2014

Invista!

Por Marcos Lodi :

Qual é o seu investimento? Antes de pensar em questões financeiras, esqueça pois não é disso que me refiro.  Trata-se no investimento em sua capacidade de vencer obstáculos.

Uma vida fundamentada na fé não teme qualquer coisa. Os imprevistos tornam-se menores  tamanha a visão da grandeza que adquirimos.

Independente da sua crença, a fé pode traduzir algo fantástico para todos aqueles que perseveram em seus ideais.

Respeite seus objetivos e lute sem temer!

29 de novembro de 2014

Nada de limites!

Por Marcos Lodi: 

O limite nada mais é do que um fator de impossibilidade quando se deseja chegar a determinado alvo. É o apogeu do esforço. Enxergar limite em alguma coisa pode se tornar perigoso. Por isso hoje quero refletir com você sobre esta palavra tão bonita e ao mesmo tempo trágica em algumas horas. Superar limites é vencer o extremo, destruir barreiras e provar a si mesmo que é possível chegar mais longe. 

Porém, se encararmos a limitação como fraqueza e obstáculo insuperável, nada fará sentido em nosso cotidiano. Não encare a vida como um exercício de superação constante. Acho bonito as pessoas falarem em vencer o próprio limite e não discordo disso. Entretanto, vejo a limitação como etapa a ser percorrida originando outras a fim de consolidar o seu triunfo. O limite não pode existir para quem deseja riquezas ilimitadas. 

Todos os nossos dias não são feitos para superar e sim para consolidar o insuperável. Isto consiste na capacidade de reação, raciocínio e praticidade que precisam estar afloradas a todo tempo. Aquele que viver para superar-se geralmente é visto como o bom perdedor, aplaudido, mas nunca notado como vencedor. É a imagem da sociedade moderna, às vezes cruel conosco. Portanto não seja o herói esforçado e derrotado ao mesmo tempo. 

Mostre para si mesmo que não precisa superar limites, pois estes não significam nada para você quando se tem um objetivo definido na vida. Dessa forma, não existirão barreiras para a sua vida, transfiguradas na frustraçãomeuip.co

24 de novembro de 2014

Sacrifício e convicções

Por Marcos Lodi:

Muitas pessoas falam do sacrifício com algo terrível, porém muitas vezes necessário. Hoje quero discutir com vocês a importante utilidade deste artifício na busca pelos objetivos.É importante frisar que existem dois tipos de sacrifício: O necessário prazeroso e o desnecessário trágico.

O trágico vem maquiado pelo “sofrimento inevitável”. As pessoas assumem sua postura “sacrificante” em virtude de alguma coisa que não sabem descrever e visualizar. Acreditam na dificuldade para mostrar ao mundo o quanto precisam de olhares piedosos e holofotes dramáticos. Apresentam um cenário sem entender realmente o significado do que é sacrificar-se.

O segundo modelo é o necessário prazeroso. É conhecido deste modo porque de início mostra racionalidade. O sofrimento é aparente e acaba substituído pelo prazer fruto da certeza de que todo aquele esforço ou privação vale a pena. A crença na vitória é algo tão grandioso que qualquer momento adverso passa despercebido. É a consolidação real e definitiva de que sacrificar-se não é morrer para o mundo e sim pela causa em questão, a fim de conquistarmos metas. Devemos nos matar para realizarmos nossos sonhos, isto é, destruir a sede que muitas vezes possuímos em desejar ver o outro morrendo de pena de nós mesmos ou buscar a todo custo a notoriedade mostrando publicamente o tamanho do sacrifício. Traduzindo: Pare de exibir a sua luta para que não conheçam suas armas.

Procure alcançar suas respostas e êxitos em segredo. O verdadeiro líder não almeja seguidores. Estes é que precisam de um líder e virão até você. Basta que seu sacrifício seja prazeroso pela convicção da sua conquista. Assim, uma palavra tão dolorosa se tornará uma expressão diferenciada consistindo na premiação de todo o seu esforço. Um investimento incrível.

19 de novembro de 2014

Criando tempo...

Por Marcos Lodi: 

Qual é o seu ritmo de vida? Trabalha muito todos os dias, aquela obrigação diária e preocupação permanente em querer o melhor para a família. Enfim, somos seres que vivemos em estado constante de estresse e preocupados com tantos afazeres. 

É assim que devemos "levar" a vida? Quantas vezes, nos últimos dez dias, você deu um abraço naquelas pessoas consideradas importantes para ti? Em quais ocasiões se lembrou de dar um beijo na mãe, cumprimentar o pai, conversar com os filhos, ouvir a esposa e o marido por uma hora pelo menos? 


Geralmente, estas perguntas são difíceis de serem respondidas. Não perca tempo. Pegue o seu telefone e ligue para quem você ama. Se a distancia não “impedir”, corra até o local onde eles ou elas se encontram e faça o que precisa ser feito. O tempo é o mesmo para todos nós, mas os contratempos da vida nos pegam de surpresa e quando achamos que haverá o momento “exato”, assim designado por nós, eis que as coisas saem da rota. Não deixe de dizer que ama. 

Não deixe para amanhã aquela demonstração de carinho tão aguardada pelas pessoas que jamais imagina. Faça valer a pena viver. A maior razão de nossa existência é saber que podemos receber gestos de amor a qualquer momento.Como Perder Barriga

17 de novembro de 2014

Interagindo constantemente

Por Marcos Lodi 

Quando tomamos atitudes a fim de agradar o outro ou até mesmo nos auto satisfazer, é visível, em muitos casos, a total expectativa pelo efeito da ação tomada. Estas “retribuições” muitas vezes nos frustram porque podem vir num formato abaixo do esperado. 

Com isso, surgem diversos problemas depressivos. Há inúmeros relatos de frustração proveniente de algo mal retribuído. Esta interpretação da recompensa, na maioria dos casos, põe fim aos tratamentos nutricionais e psicológicos. Você faz academia, por exemplo, 3 horas por dia e no final do mês quando espera ter perdido 5 kg, sobe na balança e verifica que eliminou 3 kg e assim começa a ficar depressiva e desanimada.

 O que não faz uma retribuição mal resolvida? Portanto, não espere nada do que você deseja da maneira que acha conveniente. Deixe que suas ações se encarreguem de fornecer o resultado necessário sem pressionar-se. Não tenha pressa e analise cada resultado como uma árvore plantada e que dará frutos. 

Nem sempre a colheita é satisfatória, entretanto o primordial é observar que ela existiu. Se você colheu algo, é sinal de que plantou. Continue “regando” seus objetivos, agindo com persistência e sempre analisando o lado bom de todas as coisas, sejam conquistas ou tribulações. Não se pode padecer da expectativa. Se você a cria, precisa saber quem nem sempre ela atinge o nível esperado. 

Aos que aguardam em tudo a retribuição, sofrem pela desilusão. Livre-se do conceito de que a vida é uma troca, pois na verdade, a vida se resume numa interação constante de estados físicos e psicológicos, que se originam de suas ações e na receptividade do que é transmitido. Jamais espere aquilo que você não sabe exatamente como virá e de onde virá. Deixe o êxito entrar na sua vida sem pedir passagem e verá o quão prazeroso é isso.fazer blog

14 de novembro de 2014

Grau de importância

Por Marcos Lodi:

Quando passamos por privações temos o grave defeito de tornar-las publicas, utilizando estas para abrandar outros problemas. Muitos procuram a compaixão como consolo e não sabem o quanto é inútil tal comportamento.

O problema existe assim como a solução. Essa busca pela resolução é que define qual é o ibope que você dá aos seus inimigos. Se o tempo gasto para se queixar é grande, a melhora é quase imperceptível. Isso acontece porque prioriza-se a doença e não o remédio.

Evite, daqui pra frente, falar muito sobre seus empecilhos diários. A proporção do seu dilema será cada vez maior a medida que você enfatiza o mesmo. Reflita na sua adversidade sempre analisando as possíveis saídas. 

Seu inimigo será da forma que você idealiza ou descreve. Suas barreiras jamais serão adversários imbatíveis. Você é forte e um espelho de Deus. Porém, se construir um muro em mente, impossível de ser escalado, assim será.

Os pensamentos são fruto de seu interesse. Queira imaginar coisas boas, fazer planos, e quando estiveres em desafio, use sua capacidade de criação e reúna as melhores estratégias possíveis para enfrentar o embate. Com relação às palavras, seja prudente. Da sua boca poderão sair maravilhosas profecias ou temíveis turbulências. Descreva sua vida proferindo sempre que a solução é maior do que qualquer tempestade.

4 de novembro de 2014

Mensagem de dominação

Por Marcos Lodi:

Dominantes e dominados. Eis a filosofia do mundo.  Quando não dominamos a situações, somos dominados por elas.

Não tenha medo de vencer. Aqueles que fogem da luta são os primeiros a serem bombardeados pela própria covardia.

O receio de ousar te fará fraco. Os grandes idealistas que venceram e obtiveram êxito em sua vida, foram aqueles que resistiram a dúvida e tiveram fé em si mesmos.

Não jogue fora as oportunidades que a vida lhe proporciona todos os dias. Sorte, como já foi dito textos anteriores, é a fusão da capacidade com a oportunidade. Lute e conquiste grandes ideais.

30 de outubro de 2014

"Se fosse comigo"

Marcos Lodi:

Quantas vezes já ouvimos a expressão "não temas",? Provavelmente por milhares de vezes.

Porém, o fato de muitos exclamarem para que não sejas tomado pelo medo, pode ser na verdade, um simples desejo que a pessoa que te inflama gostaria de possuir, mas não consegue ser detentora. É o popular "se eu fosse você faria isso" ou "eu no seu lugar faria aquilo". Então, por que estas pessoas não o fazem?

Já escrevi em textos anteriores sobre os reféns do medo. É chegado um tempo em nossas vidas, onde a presença de Deus, a sorte ou a felicidade, seja qual for o nome escolhido, são determinantes para a construção de vitórias.

Não temer a adversidade é memorável e grandioso. Entretanto viver em torno de situações aparentemente tristes, é amplamente intolerável para todo aquele que deseja vencer. Não tema o fato de desejar obter a felicidade, pois o comboio da vida não espera.

25 de outubro de 2014

Dia de decisão

Chegou a hora de decidir o futuro do nosso país.  Vamos para as urnas amanhã.

Esta é a minha mensagem com o meu posicionamento.

video

21 de outubro de 2014

Iguais?

Por Marcos Lodi :

Não viva conformado com as adversidades.  Vencer os próprios medos traduz na concepção perfeita de seus objetivos.

Quando deixamos de lado a timidez para realizar grandes ações, o
universo conspira a nosso favor.

Saiba que não é fácil destruir os paradigmas da frustração, implantados todos os dias pelamaioria dos seres humanos. É muito cômodo fugir da verdadeira felicidade, ao contrário de lutar bravamente com o intuito de alcança-la.

Seja conivente com seus princípios e esteja apto a desfrutar de grandes realizações. O diferencial para vivênciar conquistas está na diferenciação de suas atitudes.

17 de outubro de 2014

No rumo certo

Extraído do blog Rumo aos 70 da amiga Cristiane Fonseca


Overnight Oats

Sabe aquele momento que você procura opções criativas, práticas, saudáveis e saborosas para incluir em sua alimentação? Seja ela de dieta, ou pela proposta de ingerir mais saúde? Então... passei a intercalar iogurte, frutas e cereais num copo, um mix de saúde super lindo e gostoso.

De repente percebi que estava fazendo tipo um Overnight Oats adaptado. Overnight significa "de um dia para o outro" e Oats "aveia". O overnight do blog Rumo ao 70 não é feito de um dia pro outro, e também não utilizo aveia.. rs.. Acho que vou precisar mudar o nome...rs.. O que acha de me ajudar a escolher um nome legal para esse lanche? Eu tenho usado o termo Intercalado de iogurte, sucrilhos e frutas. Mas acho que de tão bonito que fica, podia ter um nome mais legal né?

Bom, normalmente eu uso o que eu tenho em casa. Não existe nenhum ingrediente obrigatório. Coloco iogurte, sucrilhos ou granola, fruta e goji berry. A chia pode ser incluída também mas acostumei a tomá-la com água.


Dá gosto comer não dá? E o melhor pra mim é que, comer coisas bonitas, e gostosas, saboreio mais, aproveitando cada colherada, evitando o excesso em cada alimentação.Use sua criatividade.

15 de outubro de 2014

Parâmetros do sucesso

Por Marcos Lodi :

O maior obstáculo para o crescimento é compreender que a derrota aparente, muitas vezes, é o grande passaporte para o sucesso futuro.

Perder é normal, pois afinal, só perde quem tenta vencer. Tornar-se um perdedor já muda os parâmetros de figura, e tal hábito é o fator a ser combatido.

Não permita que o revés se estabeleça em seu cotidiano.  Em contrapartida,  para cumprir esta meta, analise seus passos com o intuito de alcançar os seus objetivos.

O maior medo de um ser humano é o de não tentar almejar aquilo que jamais teve.

9 de outubro de 2014

"Filosofando"

Por Marcos Lodi:

Existem momentos nos quais não é preciso entender nada. Devemos observar as posições do tempo,  administrar cada instante e viver a vida de forma leve e focada nos bons objetivos.

E o que seriam os bons objetivos?  Compreende a tudo aquilo que te proporciona prazer sem causar desprazer ao outro.  É agir com ética pessoal e intransferível.


Não sabemos o quanto nossos dias poderão ser dolorosos ou amorosos. Podemos transformar jornadas de guerra em episódios de alegria. Tudo depende da forma como visualizamos e administramos nossas adversidades.

Faça hoje.  O tempo será seu maior aliado caso decida dar fim a inercia das mesmas atitudes.  Pense nisso.

6 de outubro de 2014

Lados opostos

Por Marcos Lodi:

Os planos são importantes para que grandes vitórias aconteçam. Não adianta pensarmos de forma grande e agir de forma desordenada.

Muitas pessoas querem vencer mas nem sabem como e de que forma desejam obter resultados. E pior: Existem muitos que não "aceitam" o triunfar do outro e ficam tentando encontrar defeitos.

O mais importante que devemos vivenciar, intimamente, é a certeza pessoal de que estamos agindo certo. O que para alguns pode ser uma afronta, para você pode significar uma tentativa grandiosa de ser feliz.

Não tenha receio em sentir-se bem consigo. O maior obstáculo do outro é admitir a própria ignorância e sua incapacidade de visualizar as vitórias alheias como exemplo, e não com olhar invejoso.

4 de outubro de 2014

Reaprendendo


Que tenhamos um ótimo final semana e vamos aproveitar nosso tempo. Reflita bastante neste vídeo.  




30 de setembro de 2014

Hoje

Por Marcos Lodi:

Mesmo que tudo "pareça" ter acabado,  é preciso a fé.  Mesmo que o tempo passe de forma despercebida, que as mágoas vençam os medos, é preciso ter fé.

Acreditar em Deus também consiste em crer que todos os seus sonhos se tornarão realidade.


Para transformar ideais em concretizações, que tal agir? Quando tomamos atitudes vencemos nossas fraquezas e amadurecemos para novos começos.

Hoje é dia de reabilitar, vencer as limitações pessoais e ir a luta com todas as suas forças. Se o Deus que habita em nossas vidas é um Deus vivo, nada está terminado.  Tudo pode ser melhor quando enxergamos um mundo melhor à nossa volta.

26 de setembro de 2014

Construindo. ..

 Por Marcos Lodi:

Enfim, é chegado tempo de paz. Tempo que criei, tempo que você pode criar. A intimidade com Deus, o foco e o persistir farão toda a diferença.

O livro de provérbios é bíblico e incisivo: " Muitos são os planos no coração do homem,  mas o propósito do senhor subsistirá".


Quando se entende um propósito conseguimos idealizar metas, e tomando as devidas ações,  vencemos nossos medos e constituímos a diferença.

O que será o dia de amanhã?  Se choverá ou não ninguém sabe. Um de nossos grandes erros é trabalhar o presente como se o futuro já fosse consolidado. Devemos administrar nosso tempo cientes de que não somos donos dele.

Portanto lute, pense, reflita e haja na busca para que grandes planos se tornem realidade.

23 de setembro de 2014

Questão de equilíbrio

Por Marcos Lodi:

Muitas coisas acontecem em nossa vida de forma assustadora e intrigante.  As vezes nos perguntamos: O que Deus deseja comigo?

Porém, na maioria dos casos o problema reside em nossa capacidade de não se atentar aos embaraços da vida.

Tentar cometer um erro é pior do que errar sem medo. Quando percebemos que determinado caminho nos levará a desgraça e, seguimos ele, estamos sujeitos ao fracasso sem desculpa.


Caminhe entendendo a vida como algo proveitoso e leve, onde os desfechos poderão ser consciente ou inconscientemente maravilhosos e desafiadores.  Estar ciente da consequência de suas atitudes é o primeiro passo para uma relação madura com o auto equilíbrio.

19 de setembro de 2014

Ouse... E use!

Por Marcos Lodi:

Grandes vitórias são feitas para grandes pessoas. Pensar de forma ampla requer comprometimento e não podemos temer as adversidades. Tudo o que aparentemente é ruim pode se tornar bom no "fritar dos ovos".

Aprendemos com a vida que nada fica impune. as verdades se revelam e acima de tudo, ser feliz é uma questão de escolha. Todos os dias podemos acordar de forma diferente, destemidos e determinados a escrever uma nova história. Mas por que isto se torna impossível para alguns?


O fato é que muitos de nós priorizamos a desculpa para o insucesso do que a busca real pelo triunfo. Na mentalidade deste grupo de pessoas, viver sem uma desculpa para determinada ação não tem sentido. Ou seja: Caçar um motivo para o fracasso tem mais peso do que reconhecer as próprias incapacidades e revertê-las para o próprio bem.

A única desculpa para não ser feliz é a morte, pois cadáveres não pensam. Do contrário, tudo é possível. Basta que não haja culpa em concretizar ações que resultarão na sua felicidade. O tempo não nos pertence, principalmente quando deixamos de cria-lo para uso pessoal, feliz e intransferível.

14 de setembro de 2014

Opções

Por Marcos Lodi:

Quando assumimos a responsabilidade pelas nossas escolhas, entendemos o sentido viver em liberdade. Viver livremente consiste em optar pelas tentativas e qualificar as ações rumo a felicidade.

Ser feliz é uma questão de escolha e estas serão fruto integral de suas atitudes.

O tempo é senhor da razão mas não é o senhor da sua vida. Crie e administre seu tempo de forma para que este não seja desperdiçado com as velhas desculpas.


O que te separa da verdadeira felicidade?  O que te falta para que suas atitudes façam a diferença?  Todos os dias temos a oportunidade de superar desafios e vencer grandes jornadas. Pense nisso e ótima semana.

9 de setembro de 2014

Ao seu redor

Por Marcos Lodi:

O que você aglomera ao seu redor? Tudo aquilo que não proporciona sucesso pode traduzir o medo de fracassar. Ja falamos em textos anteriores sobre a singularidade e sua importância.  Hoje vamos falar sobre como atingir essa singularidade.

O primeiro passo é o comprometimento com os próprios objetivos. Respeitar o que desejamos é sinal de ordem.

Não espere retribuições dos outros e nem elogios.  Um dos sinais da singularidade bem sucedida é a pessoa entender que todo o avanço pessoal é individual. Não pratique ações a fim de agradar e ganhar notoriedade com os outros.  Faça por você.

Estando em ordem consigo compreendemos o mundo e todos os grandes desafios. Tenha fé em si mesmo para que todas as coisas ao seu redor conspirem a seu favor.

3 de setembro de 2014

O princípio do singular

Por Marcos Lodi:

Os animais não tem duvida; Eles sabem o que desejam. Isso ocorre porque eles possuem um ciclo vital instintivamente marcado.

Entretanto, nós humanos, escolhemos o que desejamos fazer. Ex: Vamos jantar fora ou ir ao cinema?



Todos os nossos desejos não provém de bom senso. Este não consiste em singularidade. Ações que mudam a nossa vida são, primeiramente e substancialmente, individuais e dispensam julgamentos alheios.

Porém, um de nossos maiores desafios é  "bancar" essa singularidade. Muitas vezes, temos medo de tomar atitudes e arcar com as consequências destes atos.

 Lembre-se: Você só poderá escrever grandes triunfos ou obter um grande estado de felicidade se realizar ações compatíveis com os seus objetivos. 






1 de setembro de 2014

Um instante!

Por Marcos Lodi :

De que adianta pensar positivo e manter as velhas ações negativas? Se você pensa em se tornar um grande líder, porque continua agindo na direção contrária?

O problema de muitos de nós, na atualidade,  é possuir pensamentos grandiosos e belos aos olhos humanos e, quando as ações em busca do tal desejo são colocadas a mesa, há uma discordância infrutífera e perigosa.

Isso ocorre porque somos livres para pensar e, na maioria dos casos, criamos barreiras pessoais com intuito de justificar nossos fracassos e preguiças no sentido de arregaçar as mangas e lutar pelo que se almeja.


É mais cômodo imaginar um grande triunfo do que refletir seu sonho com ações reais. Uma pena quem se comporta assim. O valor de um sonho se mede pela intensidade de sua vontade em torna-lo real.

Se neste momento você está em desacordo com seus atos em busca da sua maior vitória, levante-se e olhe para si. A mudança é algo que criamos todos os dias, horas, minutos e segundos.  Faça hoje!

28 de agosto de 2014

No sentido correto

Por Marcos Lodi:

Estar ansioso desafia o tempo e o sentido das grandes vitórias.  Quando estamos escrevendo belas trajetórias, muitas vezes somos reféns de nossa pressa em antecipar bênçãos.

Não temos poder para modificar o mundo, mas temos o mundo para ganhar mostrando nossas idéias e praticando audaciosas atitudes.


Quando a desistência inexiste as idéias se consolidam. O sábio compreende as diferenças e enxerga o futuro sem olhar pra trás.

Deixe que a força do seu propósito seja fiel companheira de seu cotidiano.  Deus se manifesta quando observa coragem e comprometimento em buscar a felicidade.

25 de agosto de 2014

Crie...

Por Marcos Lodi:

Os dias passam e cada segundo é uma oportunidade para que eu doe o melhor de mim em todas as áreas.  É preciso vencer cada jornada diária com a fé em novos amanheceres ainda mais grandiosos.

Não procure, primeiramente, vencer o mundo. O passo primário é derrotar suas limitações e teimosias em insistir nos erros.  Somente vivemos no sofrimento porque desejamos.  Aflições são comuns, porém sofrer é opcional.


Você está feliz? O que te falta: Coragem ou sabedoria?

Enxergue que não somos responsáveis pelo tempo de Deus e por isso devemos transformar cada instante em mais um passo para grandes vitórias.  Eu luto com esperança porque ela jamais desampara àqueles que crêem nos próprios objetivos. Tudo muda quando nós criamos a mudança.

22 de agosto de 2014

Individualmente

Por Marcos Lodi:

"Viver cada dia como se fosse o último..."

Quantas vezes ouvimos essa frase? Muitas pessoas afirmam isso, mas vamos refletir: O que é o fim para você?

Em diversos momentos de nossa vida perdemos para ganhar e ganhamos para perder. As dores que insistem nos acompanhar ficam pelo caminho quando estamos focados num propósito. Por isso, não
seja refém dos próprios medos, porém, as "loucuras" do cotidiano podem colocar à prova nossas escolhas.


Estas tais loucuras cotidianas se constituem nas decisões intempestivas, acessos de raiva inoportuno e o receio de arcar com as próprias decisões.

Não coloque a responsabilidade de definir a sua vida nas decisões dos outros. As pessoas podem orientar, aconselhar e até mesmo ordenar, mas as responsabilidades jamais serão delas. O fardo de uma decisão individual é do único individuo envolvido em questão: Você.

O fim pode estar revestido no simples fato do mundo ao seu redor insistir em administrar seus atos. Entretanto, a força de sua maturidade, resultará no caráter de instituir desafios cada vez mais recompensadores para todos aqueles que almejam grandes conquistas.

Um ótimo final de semana para todos e muito obrigado pelos acessos.




19 de agosto de 2014

Sem projeção

Por Marcos Lodi:

Viver projetando pessoas é algo extremamente perigoso. Quando idealizamos alguém criamos uma visão íntima que, cedo ou tarde irá nos decepcionar.

Não existe modo de ser feliz sem verificar a realidade de qualquer situação ou pessoa. Quando descobrimos a presença de defeitos ou quaisquer intercorrencias numa determinada situação ou pessoa, conseguimos a conhecer, de fato.


Com isso muitos de nós acabamos por criar um sentimento de tristeza e frustração.  E a culpa é toda nossa, porque nós mesmos criamos um personagem no outro, ou no cenário em questão e esperamos que as coisas caminhem como tal.

Desista das prisões afetivas e passe a enxergar tudo com naturalidade e adote uma conduta condizente com seus pensamentos e objetivos.  Ninguém se origina para agradar o outro.  A vida assim se tornará mais leve nos libertando das pressões que criamos.

15 de agosto de 2014

Decisão e oração

Por Marcos Lodi:

Quem somos nós? Todos os dias vivenciamos experiências que nos forçam a refletir sobre nossa conduta e o motivo de nossa existência.

Assim como eu, você também não é um erro. Deus te criou com um propósito e descobri-lo é fundamental para trilhar desafios e derrubar obstáculos.

Como descobrir o propósito?


Existem duas ferramentas importantes e necessárias em todas as ocasiões. São elas decisão e oração.

Decisão implica coragem, comprometimento e conhecimento. Ampliar sua inteligência consiste em entender o ouro e respeitar espaços. Agir da mesma forma como gostaria que agissem contigo. Eis um princípio da ética, tão defendida no dia a dia.

A oração vem como outra ferramenta indispensável. Quando oramos, independente de religião, devemos ser objetivos e práticos com Deus. Ser coeso com seus desejos é expô-los de forma clara. Só é possível alcançar algo quando explanamos de forma declarada os nossos desejos.

Decisão e oração caminham juntas para consolidar os propósitos de Deus. Os seus planos serão realidade a partir do momento em que se tornam planos de Deus.

13 de agosto de 2014

Analisando os níveis

Por Marcos Lodi:

Durante qualquer embate é preciso verificar todos os níveis do problema.  Fica humanamente impossível dar um desfecho as situações quando estamos "alterados".

Nenhum problema pode ser resolvido no mesmo estado de consciência que foi criado.


As pessoas que insistem partir para cima e tentar resolver as coisas de forma emocional não ouvem sua consciência.

Agir de forma racional e sensata não é fácil,  mas é necessário.  Procure analisar todos os acontecimentos e comece a ser prudente mediante seu cotidiano.  A vida se torna mais leve para quem cria boa atmosfera.

11 de agosto de 2014

Conselho x experiência

Por Marcos Lodi:


Hoje vamos falar sobre algo que insistimos em fazer, porém o resultado quase sempre é nulo. Estou falando de conselhos. Algumas pessoas são reféns de conselhos dos outros e sentem-se a vontade pelo fato de "decidirem por ela", o que proporciona ao receptor "escapar" de tomar certas atitudes e decisões. Um refúgio triste e inaceitável para quem deseja amadurecer e arcar com as consequências de seus atos.


Aos que vivem "orientando" uma dica: Ao invés de dar conselhos às pessoas, proponha o que você pensa de forma a inspirar a outra pessoa, para que esta encontre suas soluções sozinha.

Alguns de nós somos especialistas em aconselhar utilizando a própria experiência. Tal atitude é inócua, visto que nenhuma experiência é igual e ninguém tem exatamente os mesmos recursos para solucionar questões.

Colocar a si mesmo como exemplo é a mesma coisa de dizer: "Eu sei o que fazer e você não sabe". As relações de cima para baixo são sempre desiguais.

8 de agosto de 2014

Verificando as diferenças

Por Marcos Lodi:

Hoje vamos diferenciar dois elementos importantes em nosso cotidiano. O bem e o bom.

Nem sempre as ações mais prazerosas são o melhor caminho para a excelência. O que pode ser altamente saboroso agora, poderá se tornar a maior fonte de dor.

Quantas vezes cometemos erros achando ser o "bom" caminho. Fazemos o que achamos bem a nós mesmos, porém na verdade, toma direção totalmente contrária ao que é prudente e sábio.

Ou seja: Nem tudo que me faz bem é bom!


Não se trata de um exercício fácil, entretanto a sabedoria consiste na capacidade de entendermos as diferenças. Faça uma auto análise de sua vida e comece a perceber que algumas atitudes que parecem ser dolorosas agora, num futuro próximo poderão se tornar a fonte de toda a sua felicidade.

Quando se deseja ingressar numa grande faculdade, por exemplo, devemos estudar muito e isto se torna altamente cansativo e provoca a "dor" pelo fato de privarmos temporariamente nossa vida social afim de dedicarmos aos livros. Mas no final da jornada, quando a vitória vem, toda aquela "dor" se tornou um grande prazer e a felicidade é longa e plena.

Assim também ocorre quando tomamos a decisão de realizar uma dieta, decidir sobre a vida sentimental, fazer "escolhas".  Muitas vezes


Uma vida forte e constituída em sucesso requer comprometimento com seus objetivos. Portanto, saiba diferenciar a dor do prazer, o bem do bom.

5 de agosto de 2014

Em análise

Por Marcos Lodi:

Para conhecer as verdadeiras lições de uma adversidade, precisamos verificar o foco do erro.  Talvez tenha sido medo, desespero, fraqueza, falta de fé.  Independente da causa, o problema existe e a vida sempre nos coloca "2 opções": Vencer ou vencer!

Ninguém nasceu como erro. Todos vivemos para desfrutar de grandes alegrias, embora as aflições sejam inevitáveis. Quando conseguimos analisar a aflição com leveza e cientes de que todas as fases ruins passarão, finalmente é possível superar e reconstruir.

Aquele que busca a retomada de seus objetivos também precisa almejar a derrubada do próprio orgulho.

A verdadeira paz consiste na capacidade do confronto diário de nossas atitudes perante o tamanho de nossas metas.

2 de agosto de 2014

Unção de vitória

Por Marcos Lodi:

A bênção não vem por acaso. Ja pensou se não precisássemos de orar para recebermos algo? Tudo seria cômodo,  simples e sem o exercício maravilhoso de desafiar seus próprios limites.

Por isso,  quando desejamos nossos objetivos devemos analisar o cenário do que pretendemos.  Se você quer alcançar um bom emprego que tal se qualificar? Se desejas um amor porque não buscar se amar primeiramente?


A qualidade da sua meta é definida pelo tamanho dos seus medos.  Os fortes não vencem pela imposição, mas pela capacidade de agregar coisas boas e pessoas para o engrandecimento de seu convívio.

Tudo isso vem naturalmente a partir de nossa entrega pela causa que defendemos. Caso a desistência bater a porta da sua mente, lembre-se das coisas boas que já venceu. Ninguém nasce pelo erro,  afinal quantos espermatozóides você venceu para vir ao mundo.

Todos nascemos vencedores. Pense nisso.

29 de julho de 2014

fome e foco!

Por Marcos Lodi:

Mais um dia, mais uma jornada triunfante e ciente de que o melhor está por acontecer.  Outro dia me lembrei que venci a morte e ao mesmo tempo vi que todos podemos derrota-la todos os dias.

Somos vencedores a cada minuto e todo segundo de vida deve ser apreciado e vivido como a possibilidade de ser diferenciado. A sabedoria consiste em identificar a diferença.


Os seres considerados sábios simplesmente são famintos pelo conhecimento e focados em utilizar seus talentos.

Descubra a fome pelo saber e se dedique ao máximo pela realização de seus objetivos.  As vitórias serão equivalentes a este comprometimento.  Boa sorte.

26 de julho de 2014

Urgente x importante. Existe diferença?

Por Marcos Lodi:

Por diversas vezes buscamos vencer de forma errada. Isto acontece porque buscamos o importante primeiramente, antes de efetuar o urgente.  Vamos entender como funciona.

Aquilo que é importante precisa ser visualizado como o objetivo, meta desejada.  Porém,  para alcançarmos este momento são necessárias ações imediatas as quais denominamos urgentes.

Para que seja possível saborear o importante, é necessário efetuar a ação mais urgente.  Por exemplo: Quando se deseja eliminar peso. Emagrecer é o (importante).  Por isso, para conquistar o corpo desejado é preciso, no primeiro instante,  a reeducação alimentar e novas práticas de exercícios físicos ( urgente).


Vamos a outro caso: Para quem deseja reconstruir um namoro. O retorno da pessoa amada é importante,  porém é urgente que o parceiro se reconstrua e mude a natureza de seus atos.

Enfim, diversos exemplos existem e estão todos os dias testando a capacidade de assimilar os princípios da importância e urgência. Verificar este cenário imediatamente consiste em dar um passo para a concretização de seus sonhos.

23 de julho de 2014

Visão de futuro

Por Marcos Lodi:

Qual é a qualidade da tua pergunta?  Quando tomamos decisões importantes optamos por fazer escolhas importantes.  Jamais deixe de lado o conhecimento e saiba que o poder de suas ações fará ou não a diferença.

O futuro é amplamente uma opção. Não existe caminho mais adequado para triunfar sem desenhar um meta e lutar pelo cumprimento desta.


O que você faz para alterar o presente definirá a instrução que poderá dar aos outros no tempo que há de vir.

Portanto se auto analise, reconheça seus erros e comece a construir acertos. A qualidade da tua pergunta define a qualidade do seu futuro.

20 de julho de 2014

O grande reflexo

Por Marcos Lodi:

Começa uma nova semana e com ela a oportunidade de fazer a diferença.  Vivo batendo nesta tecla aqui no blog porque hoje percebo o quanto extraímos muito pouco daquilo que Deus nos oferece.

A grandeza de Jesus Cristo é imensurável e, por isso, devemos buscar a todo momento entender a dimensão da capacidade que possuímos em triunfar de forma gigantesca.


Seja qual for o objetivo não existe outra forma de manifestar a sua fé sem atitudes.  Muitas vezes ela está armazenada na mudança dos hábitos alimentares,  no exercício da temperança,  no reconhecimento de suas próprias limitações, numa reconciliação, num simples pedido de perdão, no crescimento profissional.

Independente do seu desafio, suas atitudes farão a diferença.  Muitos de nós nos achamos auto suficientes a ponto de achar que sempre existirá tempo para realizar algum feito ou tomar alguma decisão.  O tempo é agora, hoje e sempre.  Simples ações produzem grandes reflexos.

A pior dor de uma vida é ocasionada, na maioria das vezes, pelo arrependimento de jamais tentar transformar uma adversidade em sucesso. É a desistência que fica para sempre.

18 de julho de 2014

Foco

Por Marcos Lodi:

O foco é algo grandioso que jamais podemos perder.  Sentimos o objetivo mais próximo,  os desafios mais intrigantes e a certeza pela fé em vencer os obstáculos.

Mesmo que algumas curvas sejam mais acentuadas ou existam algumas pedras no caminho,  o foco não permite que nossa rota seja alterada.


No caso de um projeto de emagrecimento,  por exemplo,  o exercício de visualizar o cenário futuro com o objetivo atingido é um ótimo caminho para não se desviar do foco.

A fé se torna companheira daqueles que não desistem de seus propósitos e focalizam seu triunfo sem a preocupação com o que é natural. Se a vida fosse um processo de naturalidade sem a existência da fé,  não teríamos porquê derrotar nossas próprias limitações.

16 de julho de 2014

A visão na balança

Por Marcos Lodi:

Atingir a meta do emagrecimento é algo maravilhoso.  Quando estamos caminhando para isso,  todos os dias podemos fazer a diferença e o foco é essencial.

Todo resultado é reflexo do nosso esforço.  Se num dia "comemos mal", no outro precisamos nos reciclar,  mas tudo sem culpa. O sucesso é uma busca constante e a dedicação ao êxito transformará a meta em realidade.


Uma das coisas mais emblemáticas que ocorre com frequência é nos entregarmos ao propósito e no final da semana enxergarmos um resultado, a principio, "menor que o esperado".

Saiba que a vitória também se escreve em capítulos e, como toda história,  alguns episódios são bons e outros não.  A atmosfera que você cria determina o que você produz.

15 de julho de 2014

Como sair do deserto?

Por Marcos Lodi:

O seu sonho representa um objeto de desejo, prazer e alegria. Porém, para alcançarmos este momento, por muitas vezes passamos por uma fase importante chamada deserto.

Quando vivemos este período somos tentados a todo instante.  A tristeza pode desencadear em muitos quilos, bebedeiras ininterruptas, gastos exagerados. Este tipo de refúgio possui o intuito de tentar, em vão, remediar os problemas.

No deserto ficamos sem "água,  chão ou perspectiva". Num primeiro instante não encontramos saída para a adversidade.  Mas ai é que mora o segredo para sair da fase ruim: Se apegue naquilo que mais almeja e comece a se auto visualizar no futuro próximo se o objetivo fosse alcançado.


Não existe dificuldade que dure a vida inteira.  Não há mal que dure para sempre. Quando conseguimos enxergar um futuro grandioso pela fé, a vontade em vencer aumenta a medida que nossas atitudes se refletem em resultado.

Agora, pensemos juntos: Como tudo isto se tornaria possível?  A resposta está no deserto ao qual fomos sujeitados, pelo nosso bem e amadurecimento.  Não precisamos sofrer para saborear uma vida grandiosa.  Todavia, quando praticamente tudo anda errado é preciso cair para que o seu levantar seja um exemplo grandioso para muitas gerações.

Podemos começar hoje a sair do deserto. Reavalie suas ações e tenha bênçãos incríveis pelo exercício de uma nova atitude baseada na crença inabalável de que é possível fazer o humanamente impossível.  Eis uma das chaves da fé bem sucedida.

14 de julho de 2014

Comer sem medo

Por Marcos Lodi:

Hoje pela manhã, ao sair de casa, me dirigi a farmácia para verificar o meu peso. Os quilos continuam indo embora,  e as medidas caindo.  Porém, é importante observar que nos últimos dias eu estava vivendo algo que precisava compartilhar: O medo de comer.

Isso mesmo.  Eu passei os últimos dias olhando pra mim mesmo, um pouco recluso, entretanto Deus é a minha companhia. Verfifiquei de que venho alimentando e praticando  atividades.  Tudo vai bem exceto o receio de alimentar-me.


Como psicanalista posso dizer que este conflito interno só poderá ser resolvido por mim. Procurar um especialista em nutrição é outro passo a ser dado.

Quantos de nós não sofremos neste momento pelo "medo de comer"?  Esta é uma questão importante dentro do processo de emagrecimento e precisa ser verificada de forma contundente. Faça uma auto análise de como se comporta mediante a comida. Fica a dica!

12 de julho de 2014

Qual é a sua grandeza?

Por Marcos Lodi:

No texto de hoje, reflita para si: É mais fácil vencer o problema ou lança-lo para fora?

As adversidades são como boomerangues e voltam sempre a medida que não as resolvemos definitivamente.  Ai você pergunta: Como resolver?

A resposta está justamente na forma como encaramos uma situação. Se refugiar na própria ignorância não é o melhor caminho. Enfrentar também não consiste em brigar com violência.  As soluções sempre passam pelo caminho da auto análise.

Verificar seus erros é passo importante, mas também não é o principal.  O que realmente fará a diferença são as atitudes que tomamos para nos reconstruir. Nem sempre precisamos de um tijolo novo para tapar um buraco na parede. Muitas vezes, aquela mesma peça que se desprendeu é a que serve para consertar o seu cenário.  Basta que a peça seja lapidada, moldada novamente pelo maior e único profissional responsável por adequar a sua forma.  Seu nome é Jesus Cristo.


Entregar sua vida a Deus não significa ignorar as dívidas,  deixar tudo pra lá e viver esperando a bênção sem nenhuma ação.  Pelo contrário.  No instante da ocorrência de uma reconciliação definitiva com o criador, nossos atos definirão a história que verão e ouvirão a nosso respeito.

Enfrente os desafios de cabeça erguida e mostre a você mesmo o quanto vale a pena tentar alcançar o seu objetivo.  Ele pode estar numa prosperidade financeira,  na perda de peso, no ato de perdoar, na reconstrução de um casamento. Não importa o tamanho do seu problema.  A grandiosidade dele é proporcional a sua capacidade em vencer e saborear a vitória.

11 de julho de 2014

Frente a frente

Por Marcos Lodi:

Deus espera de nós, todos os dias, uma oportunidade para realizar as suas obras. Chega o momento de um confronto pessoal entre o que você "deve fazer"  pela imposição do mundo, e o que você deseja fazer pela sua própria felicidade e dentro dos planos de Deus.

Neste conflito analisamos tudo o que de bom e ruim vivenciamos. Analisamos os cenários e possibilidades de reconstruir nossos caminhos.


É possível reescrever uma linda história com os mesmos personagens. Basta que você deixe Deus agir verdadeiramente e entenda que reescrever não consiste em apenas "copiar de novo". Um novo desfecho é perfeitamente possível porque o final ainda não chegou.

Permita uma nova reeleitura de sua vida e seja feliz por completo. O tempo passa e aqueles que vivem pelo propósito de corrigir os erros são os mesmos que também poderão resultar em acertos fantásticos na própria vida e na existência de muitos.

10 de julho de 2014

A força do propósito

Por Marcos Lodi:

Uma vida sem propósito, é vida sem razão.  Não importa qual é o seu problema,  porque a solução estará no seu propósito.

Quando passamos por momentos considerados difíceis, entender a razão pela qual os fatos ocorrem fica em segundo plano quando se decide resolver os conflitos. Deste modo entra em ação a busca pela reconstrução, motivação maior para grandes vitórias.



O propósito persegue os vencedores, pois somente através deste caminho, é possível remover as montanhas do sofrimento.

Deus possui um propósito maravilhoso em nossas vidas: Trata-se do que chamamos de felicidade.  Por isso, para alcançar este estado magnífico de satisfação humana, é indispensável que Deus tenha autoridade para realizar a obra.

A oração é o único caminho que te leva ao milagre. Porém, sem atitudes concretas o sobrenatural fica impossível. As melhores ações surgem quando descobrimos, enfim, qual é o nosso propósito.  Pense nisso!

9 de julho de 2014

O que é sorte?

Por Marcos Lodi:

Ontem ouvi uma frase maravilhosa que me fez refletir sobre o sentido da sorte. Segundo o jornalista Milton Neves, a sorte é um encontro da oportunidade com a capacidade. Eu concordo plenamente.

Para que possamos triunfar em qualquer setor de nossa vida, é preciso estar preparado para "receber uma bênção". Isto se constitui na capacitação daquele que busca algo.


E como se dá essa capacitação? A resposta está na forma como se reage ao adverso, como nos comportamos, quando e de que forma modificamos nossas atitudes afim de alcançar o objetivo.

Devidamente preparado, a oportunidade vem ao seu encontro,  porque o agir de Deus é fiel e deste modo, torna-se consolidado. Tudo passa a ser favorável ao que luta, vence seus próprios receios e a cada dia adota medidas que primeiro refletirão em si mesmo,  e depois serão um exemplo positivo para muitos.

Mudar a sorte depende desta parceria grandiosa. Aqueles que um dia acreditaram não haver mais jeito para você,  irão constatar a força de sua vontade em transformar o fracasso em sucesso.

8 de julho de 2014

O fator coragem

Por Marcos Lodi

Não existem vitórias sem atos de coragem.  No primeiro momento que reconhecemos o tamanho de nossa adversidade, exercitamos sabiamente a coragem residente dentro de cada um.

É preciso ser corajoso para enfrentar seus medos.  É fundamental ter coragem afim de vencer o preconceito.  Ser preconceituoso não se adequa somente ao racismo. Preconceito é também o ato de conceituar algo sem ao menos checar a veracidade daquela atitude ou gesto.


Algumas pessoas possuem o triste hábito de achar que o ser humano está limitado a viver na pobreza, se tornar um derrotado, mentir para a vida toda. Isto é extrair muito pouco de um universo do qual você faz parte. Provar o contrário e fazer o "impossível" aos olhos da sociedade,  é extremamente possível para qualquer um de nós.

A cada dia escrevemos novos episódios de vivências que poderão ficar marcadas pela tristeza e o fracasso, ou a superação e mudança.  Podemos fazer esta escolha diariamente e a coragem é o fator crucial para decidir o rumo a ser tomado.

7 de julho de 2014

Movendo montanhas

Por Marcos Lodi:

A busca pelo sobrenatural faz com que possamos romper a barreira do que é cotidiano.  Tal desafio não é fácil,  porém essa dificuldade é que move as montanhas do que seria considerado natural.

Fazer o improvável está na capacidade de provar a si mesmo o quanto amas, deseja e busca sua reconstrução.


Não existe dificuldade que dure a vida inteira, assim como as guerras jamais serão intermináveis.  É preciso vencer a maior  batalha que existe em cada um de nós: Reconhecer suas próprias impotências.

Deste modo, a fé se manifesta na mudança de postura do ser humano.  As boas ações trarão farta colheita.  Ações desprezíveis resultarão em tristes momentos.

Tudo pode mudar a medida que derrotamos a própria ignorância. O mundo nos oferece todos os dias uma nova oportunidade para que o sobrenatural ocorra em nossas vidas e o que foi quebrado seja restaurado e sem defeitos.  Isto só é possível porque o restaurador nos fez a sua imagem e semelhança. Pense nisso!

5 de julho de 2014

Caminhando

Por Marcos Lodi

A revolta é um passo importante para obter o que se deseja.  Quando é preciso mudar uma situação,  é preciso mudar a atitude.

Eu me vi como alguém prostrado, cego pela mentira que enganava a mim mesmo. Era totalmente fadado a recuperar tudo aquilo que eliminei com muita luta.


E por falar em lutar,  como naquela época eu vencia as oposições com coragem e fé.  Passar pela adversidade te faz " perder poderes"  preciosos e lhe custam, muitas vezes,  coisas e pessoas que mais amamos.

Porém, há tempo de mudar. Todos podem mudar. Você pode mudar. Não se trata de repetir os erros, mas retomar,  definitivamente, o caminho dos acertos.

Todos também temos qualidades e jamais fomos unicamente terríveis.  Quando nos revoltamos com os equívocos do passado é preciso iniciar, no presente, um futuro grandioso, afim de recuperar o que foi bom.

Retorne hoje para o caminho do sucesso. As portas sempre estiveram abertas para você.  Basta que se decida, transborde o coração de amor, reencontre a sua fé e vença pelas tuas obras.

4 de julho de 2014

Desistir... Nunca!

Por Marcos Lodi

Uma atitude pode fazer toda a diferença.  Qualquer coisa que possa causar arrependimento é brutal a nós mesmos.

Mesmo que o tempo passe, a dor da desistência é muito severa e por mais que desejemos a excluir de nossa vida, as sequelas são inevitáveis.

Alcançar um milagre, prosperidade, reconstrução pessoal. Tudo será definido pela sua atitude.  Não se importe com o resultado no fim. O mais importante é ter a certeza de que você tentou reverter um quadro absolutamente adverso com fé, coragem e atitude.

Pior do que errar é não tentar vencer seus obstáculos por mais difíceis que possam parecer.  Não existe o impossível para todo aquele que confia na própria capacidade.


Deus se orgulha dos corajosos e sua Palavra ja diz: "Não temais".

3 de julho de 2014

Construindo o seu tempo

Por Marcos Lodi:

O texto de hoje é pra você que empurra cada dia de vida como se estivesse fazendo um favor a Deus.

Da mesma forma que Ele te deu a vida, tudo pode terminar num milésimo de segundo. Destruir as coisas pequenas que te assolam e buscar sua renovação pessoal é um desafio diário e o mais importante é não desistir.

Quando não abrimos mão de nossa felicidade, Deus se encarrega de mostrar que as situações do cotidiano não possuem essa dose de tragédia que muitos de nós insistimos em colocar no coração.

Uma das maiores desculpas para ser feliz é não confiar na capacidade que possuímos em mudar a própria história.

Você não é capaz? Pense e reflita.  Ainda há tempo.

1 de julho de 2014

Vida...

Por Marcos Lodi

O blog está de volta. Isto graças a um monte de coisas que me aconteceram, que foram fundamentais para que eu realmente morresse para nascer novamente.

Minha cirurgia de estômago foi um sucesso. Tinha 270kg, eliminei 150, e destes infelizmente recuperei 70. Quando atingi os 120kg eu tinha garra, sangue nos olhos no melhor sentido da palavra.  Foi ai que eu descobri como Deus é maravilhoso e nos entrega bênçãos mesmo que não estejamos preparados para ela.

Deus me deu uma saúde perfeita, a pessoa perfeita e uma vida maravilhosa. Porém a grandeza de Deus é muito maior do que se imagina. Eu não tinha atingido o apogeu da minha vida. Jesus me deu talentos impressionantes. Escritor, jornalista,  conpositor. Um profissional de criação impressionante que criou este blog e mudou a vida de muita gente.

Esse foi o Marcos que encantou a muitos e com o tempo se escondeu. Preferiu enganar a si mesmo e simplesmente beijou a lona levando um cruzado no queixo.

Hoje eu enxergo que a queda foi a melhor coisa que me aconteceu.  A fé que eu aprendi, através da palavra de Deus, renasceu dentro de mim. A capacidade de realizar grandes trabalhos e ajudar a tanta gente com esse blog e o meu testemunho foi acesa novamente. Eu jamais passaria por isso senão houvesse esse revés.

Existem 2 tipos de ser humano. Primeiro aqueles que cometem falhas, se lamentam mas nada fazem para mudar algo. E em segundo estão aqueles que admitem suas limitações,  caem, mas logo se levantam pela fé e o amor que jamais morrem. Este sou eu.

Ninguém é perfeito para julgar o outro, mas é capacitado para entender que as pessoas podem provar o contrário, saindo do lugar, reafirmando sua aliança com Deus e todos os dias escrevendo um capítulo diferente, porque todos podemos mudar e lutar pelo que desejamos através de uma nova atitude.

Hoje eu estou começando  colher os frutos dessa minha nova e definitiva vida. As medidas voltaram a cair com mais força e a meta de 120kg passou para 90kg e todos os dias eu dou mais um passo para chegar lá.  Minha peça de teatro finalmente saiu do cérebro,  ganhou papel, registro e em breve será um dos maiores sucessos da minha carreira.

Minha paixão pela comunicação foi restaurada tenho orgulho de minha veia jornalística.

E sobre o amor... Eu jamais paro de pensar,  respirar. Se terei novamente,  Deus ja sabe o capítulo futuro. Enquanto isso eu me reconstruo para fazer a diferença.  O único caminho para o que parece impossível aconteça é fazê-lo.

15 de março de 2014

Pela fé, hoje e sempre!

Chega o tempo em nossas vidas no qual a fé que professamos é colocada em prática e de uma vez por todas.

De repente nossa relação com Deus é mais magnifica ainda porque percebemos a possibilidade de erguer as mãos e explanar com toda essa fé que "é tudo ou nada" a partir de agora.

E assim, se corajoso na fé e preparado para o bom combate, Deus passa a advogar a seu favor. Deus se agrada dos que em verdade o colocam na frente de tudo,

Deste modo. a matemática cotidiana fica mais simples, pois com um defensor destes fica impossível não realizar os grandes sonhos que possuímos.

Obrigado por me ensinar esse fé, Senhor Jesus Cristo.